Porque me dói tanto?
Sei lá porquê.

Vida minha,
Minha vida,
Vida ingrata.

É imperdoável
que me deixe
estar triste
quando não tenho motivos
para que assim
esteje.

por Alex Soares em 25/09/1996