Há muito tempo venho refletindo sobre a minha existência neste mundinho de meu Deus. Hoje um amigo me ligou revoltado por ter constatado que o mundo está repleto de pessoas falsas. Coitado! Stressando-se à toa!

Parei com essa história de me martirizar em prestações. Agora só sofro, à vista, é mais barato!

Não pagamos juros e obtemos o alívio de uma vez só.

Guardo meus anseios, minhas angústias, minhas tristezas e todo aramado de frustrações que me envolvem durante o ano todo, para desabafar comigo mesmo.

Ninguém tem o prazer de me ver chorando… ninguém tem a honra de me ver sofrendo. Sou mal humorado por mim mesmo, não porque os outros praticam ações comigo que me deixam assim.

Sabe o que fiz na véspera de Natal(25/12/2008)? Não… não sabe!

Senti que era o momento de aliviar-me.

Coloquei minha roupa de caminhada, liguei meu MP3 e fui caminhar…

Caminhei da minha residência ao Centro Poliesportivo da minha cidade, e depois retornei pelo mesmo caminho… Não foi simplesmente uma caminhada… Foi uma limpeza da minha alma. Fui e voltei chorando… Simplesmente chorando…

Por quê? Não interessa à ninguém… somente a mim!

Mas foi à vista… De uma vez só… Nada de prestações… Nada de juros altos… chorei e ponto final.

Pense nisso para o ano de 2009. Quem sabe você será mais feliz!


Pois o mundo é feito de interesses!