Dá gosto de ver a renovação da cidade de Itaperuna. Estamos prestes a completar 120 anos de história e infelizmente, também de exploração exacerbada dos recursos municipais. Hoje vislumbramos algo mais. A começar pelo turismo da cidade. Voltamos à era das ótimas festas e atrações de qualidade para a população aproveitar as festividades. A cidade está mais limpa. O meio ambiente está sendo reparado, depois de tanto desleixo e pouco caso, com o intuito de proteger-nos das possíveis enchentes. As escolas estão tomando rumos promissores, apesar de algumas pessoas despreparadas ainda fazerem parte de um processo importante para o crescimento do município, por meio da educação.

Nem tudo são flores… Nossos empreendedores municipais ainda são meninos na arte de administrar um município como Itaperuna, mais já estou feliz com o que vejo.

Alguns podem dizer que digo estas palavras promissoras por ser declaradamente a favor na nova estrutura governamental, é não vou negar, é verdade. No entanto, é muito mais do que isso. Sou “povo”, como qualquer outra pessoa, quero para minha cidade coisas boas, que me dêem uma vida melhor e que eu possa usufruir de benefícios que há muito tempo nos foram negados.

Do governo anterior, sinto falta do projeto desenvolvido nas escolas, onde a população participava de atividades físicas, sem contar a oportunidade de congraçamento entre as pessoas. Minha mãe adorava o projeto e fez muitas amigas através do mesmo!

Enfim, estamos de olho em tudo e em todos, pois esperamos verdadeiramente que daqui para frente, tudo será diferente!


120 anos de Itaperuna

Em comemoração aos 120 anos de Itaperuna, o Cristo Redentor, receberá um tratamento especial. A partir do dia 1° de maio, diariamente o Cristo estará com uma cor diferente, com vários canhões de luzes de última geração high tech.

Os canhões Sky Walker lançarão pelo céu da cidade vários feixes de luz de forma sincrônica e colorida. O monumento, construído pelo atual prefeito Cláudio Cerqueira Bastos (Claudão) na década de 60 é o segundo maior do Brasil.