Saiu no Jornal O Dia do Rio de Janeiro que o uso de aparelhos de mp3, mp4, walkmans, game boys, agendas eletrônicas e máquinas fotográficas está proibido nas salas de aula, bibliotecas e outros espaços de estudo das escolas da rede pública estadual do Rio de Janeiro. O impedimento é estabelecido pela Lei 5.453/09, cuja sanção pelo governador Sérgio Cabral foi publicada no Diário Oficial do Poder Executivo desta quarta-feira. A norma, originada de projeto de lei do deputado Marcelo Simão (PHS), modifica a lei em vigor que proíbe o uso de celulares, tornando a regra mais abrangente.

A norma, que estabelece que a proibição seja dirigida também aos professores, ressalva situações em que haja a autorização do estabelecimento de ensino para fins pedagógicos.

Será que irá adiantar?