Nossa entrevistada é a Psicopedagoga e Orientadora Pedagógica e Educacional da Fundação São José de Itaperuna.

Alex Soares(AS) – Especialização
Grace: Graduada em Pedagogia, Pós-graduada em Psicopedagogia e Formada em política Pública da Educação Brasileira, como aluna especial no curso de Mestrado em Políticas Sociais, pela UENF (Universidade Estadual do Norte Fluminense)

AS – Contato profissional
Grace: E-mail: gracelcosta@yahoo.com.br

AS – Dica de Livro
Grace: Pais brilhantes, professores fascinantes (Augusto Cury), Supere! A arte de lidar com as adversidades (Eduardo Carmello), A Psicologia pode ajudar você (Luis Kirchner), O saber em jogo – a Psicopedagogia propiciando autorias de pensamento (Alicia Fernandez) e Arrancar máscaras! Abandonar papéis! (John powell, S.J. Loretta Brady, M. S. W)

AS – Dica de vídeo
Grace: Óleo de Lorenzo, O amor é contagioso, a bela e a fera, Música do coração, A vida é bela, A corrente do bem, Tomates verdes fritos, A cura, O espelho tem duas faces, Filhos do paraíso, Sociedade dos poetas mortos, Central do Brasil.

AS – Uma filosofia
Grace: É dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado.

AS – Grace Lane por Grace Lane?
Grace: A Grace é grata a Deus por ser feliz, por saber e querer amar sem impor condições e por ter a compreensão e alegria de ser uma eterna aprendiz.

AS – Há quanto tempo, você desenvolve trabalhos relacionados à Psicopedagogia?
Grace: Fiquei feliz com seu convite e gostaria, antes de responder, dizer que também admiro você e sua luta pelo resgate do valor da educação. Desenvolvo trabalhos relacionados com a Psicopedagogia há cinco anos.

AS – Como surgiu essa paixão, se é que posso chamar assim, pela Psicopedagogia?
Grace: Quando iniciei o curso de Psicopedagogia e descobri que o “ser psicopedagoga” já existia em mim, nas minhas crenças e na minha prática. Sempre acreditei que o sujeito do conhecimento não é uma folha em branco e que é preciso “um olhar” além das aparências.
É realmente apaixonante poder detectar as causas do insucesso do individuo no processo ensino-aprendizagem, poder tirar de dentro e fazer a diferença na vida de alguém.

AS – Você enquanto psicopedagoga, diria que o melhor presidente para o nosso país, já que estamos em ano eleitoral, será aquele que…?
Grace: Demonstra sabedoria e verdadeiro interesse pela educação do país, pois a mesma, não é o melhor, mas o único caminho para um Brasil impoluto.

AS – Para você, o que é preciso mudar no ensino a fim de que tenhamos uma educação verdadeiramente comprometida com a aprendizagem?
Grace: É preciso mudar o perfil de quem ensina, é preciso valorizar e qualificar o profissional, para que o mesmo possa compreender que as sementes de um educador que ama jamais serão destruídas.
O maior desafio da educação em nosso país é saber lidar com as diferenças.

AS – Você tem algum teórico que lhe referencia na sua prática?
Grace: Sim, alguns. Paulo Freire, Rubem Alves, Anísio Teixeira, Celso Antunes, Augusto Cury.

AS – Para você quais os principais valores que devem ser trabalhados na escola?
Grace: Todos os valores são importantes. Eles precisam ser trabalhados o tempo todo, de acordo com a necessidade, com o momento, com a situação.
Como nos diz Paulo freire: ‘Não é de palavras, nem de vãs teorias que se faz o processo educativo, mas de amor, dedicação, CONTATO e TROCA.’

AS – O que você acha dos cursos à distância de Psicopedagogia?
Grace: Penso que são uma ótima oportunidade para aqueles que não podem fazê-lo de outra forma.