Esta é uma dura história de guerra, porém toca-nos o coração… A esposa de John Gebhardt, Mindy, diz que toda a família desta criança foi executada por iraquianos. Os executantes pretendiam também executá-la e ainda a atingiram na cabeça, mas não conseguiram matá-la. A menina foi tratada no Hospital de John, está recuperando, mas ainda chora e geme muito. As enfermeiras dizem que John é o único que consegue acalmá-la. Assim, John passou as últimas 4 noites segurando-a ao colo na cadeira, enquanto os 2 dormiam. A menina vem se recuperando gradualmente. Eles tornaram-se verdadeiras “estrelas” da guerra. John representa o que o mundo ocidental gostaria de fazer.
Isto, meus amigos, vale a pena partilhar com o Mundo inteiro. Raramente se vêem notícias destas na TV ou na Mídia em geral. Precisamos mostrar que ainda existe uma outra realidade: a nossa realidade! Em que pessoas como John, ou como nós, marcam a diferença, mesmo que seja só com uma pequena menina como esta.