Em meio aos fotógrafos e jornalistas que acompanhavam a saída de Madonna na noite desta quarta-feira, 11, após um jantar no Rio, estava o jovem Marcos Paulo Dias da Silva, 26 anos, cuja a profissão é fotografar famosos. Assim que a cantora entrou no carro, Marcos correu em direção a frente do veículo, e pela segunda vez, jogou-se contra a tampa do motor. Agentes de segurança foram acionados e usaram a força para retirar o “colecionador de famosos” do caminho.

“Não sou fã específico da Madonna, eu coleciono fotografias com famosos. Estou desde o primeiro dia na cola dela e não vou ter sossgego enquanto essa foto da gente não sair”, disse ao EGO. Segurando um cartaz, com o pedido de foto escrito em inglês, o destemido rapaz percorre de ônibus os trajetos feitos por Madonna em suas rápidas saídas pela cidade.
Nascido em Itaperuna, município do Rio de Janeiro, Marcos hospedou-se na casa de um tio que reside em Vargem Grande, Zona Oeste da cidade, e gasta diariamente cerca de R$ 30 para cumprir o que chama de missão: “Passo o dia aqui e a noite, quando sei que a Madonna está dormindo, volto para a casa do meu tio e vou descansar um pouco também. Não gasto muito com comida, sou magrinho”, brinca.

Confira ao lado o momento em que Marcos tenta se aproximar de Madonna

Carregando em uma mochila seu álbum com mais de 1.400 fotos de famosos, Marcos não vai descansar enquanto a cantora internacional não fotografar ao seu lado: “Vou ter a foto dela aqui, no meu álbum. Fotografar com a Madonna vai ser o meu cartão de visitas, principalmente para os meus clientes, já que também fotografo casamentos, aniversários e outros eventos.”

Lazer e profissão em caminhos opostos

Quando perguntado se teria vontade de trabalhar como fotógrafo de famosos, Marcos foi criterioso na resposta: “Isso nunca, seria uma derrota para mim. Imagina só os artistas me reconhecendo pelo trabalho de paparazzo. Não quero essa profissão para a minha vida. Se eu me tornasse um paparazzo, estaria atrapalhando a mim e aos profissionais”, afirmou. O modismo de colecionar fotos de astros e estrelas começou em 2002, quando Marcos fotografou ao lado da cantora Kelly Key.
Assim que Madonna deixar as terras cariocas, Marcos embarca para São Paulo com uma nova missão: fisgar os apresentadores Silvio Santos e Hebe Camargo: “Ainda não tenho eles na minha coleção. Vou para a emissora deles fazer plantão. Depois ainda não pensei o que vou fazer, mas assim que a Gisele Bündchen ganhar neném, quero fotografar com ela também.” A lista de fotografados de Marcos vai desde o presidente Lula até a cantora de axé music Claudia Leitte, de quem tornou-se fã imediatamente após o disparo do flash.

Fonte: O Globo