Informou o site UOL que a aluna da Uniban (Universidade Bandeirantes) Geisy Arruda, que foi hostilizada pelos colegas dentro da universidade em São Bernardo do Campo (SP) por usar um vestido curto no dia 22 de outubro, não quer voltar a estudar na Instituição no próximo ano.
Apesar de ter afirmado que gostaria de terminar o semestre na universidade, Geisy declarou, por meio de seus advogados, que pretende procurar outra instituição para finalizar a graduação do curso de Turismo, o qual estudava na Uniban.
De acordo com o advogado Nehemias Melo, a negociação com a universidade para que a aluna possa realizar as provas do final de semestre ainda continua. Mesmo tendo parado de frequentar as aulas desde o dia em que foi hostilizada pelos colegas, Geisy ainda se prepara para as avaliações do final do ano, segundo informações dos advogados.
Nesta quinta-feira (26), Geisy comparecerá à Delegacia da Mulher de São Bernardo do Campo, acompanhada de um dos advogados, para depor no inquérito policial aberto para apurar o caso ocorrido na universidade.
Enfim, né… Creio que já deu o que tinha que dar. Incoerência da parte institucional, exibicionismo da menina. Agora chega né! Alguém sabe se o caso da menina Isabella ja foi resolvido? Não né. É o que pensei!
Façam-me o favor! Tenho mais o que fazer!