Domingo (29/11) cedo fui surpreendida por este absurdo artigo no jornal O Globo que anunciava a despedida do Claudão. Fiquei pensando no grau de maldade, veneno e destrutividade pode existir em alguém que articula algo assim.
Quem conhece Cláudio Cerqueira Bastos sabe muito bem o que pode esperar dele: uma total dedicação à causa de Governar Itaperuna.
 Ele lutou 12 anos contra o poder econômico, as politicagens, as jogadas políticas clássicas e se manteve sempre fiel ao seu povo e ao seu ideal. Mesmo sendo hostilizado,desestimulado e até mesmo ridicularizado por muitas pessoas,  ele não se abateu e  continuou perseverando para conseguir novamente voltar para o lugar de onde nunca deveria ter saído.
Iniciou a sua campanha como  um típico bloco do eu sòzinho , mas a sua fé, a sua coragem e determinação conseguiram contagiar e  fazer renascer no povo novamente a confiança e esperança em dias melhores.  Fez tudo isso com uma inabalável auto-confiança, total  humildade e aquela certeza que só pode ser entendida ou justificada quando se ouve a voz do coração.
 E tudo isto, não são palavras, são atitudes,constatações, fatos que podem ser comprovados por qualquer cidadão .
Cláudio Cerqueira Bastos não é apenas um nome, é um político na real grandeza do sentido da palavra, daquele que vive para servir ao povo.Seu estilo único de governar  deveria ser motivo de orgulho para a cidade e inspiração para os jovens que desejam ingressar na carreira política,porém,em vez disso desperta muita fúria naqueles que não gostam de trabalhar e desejam apenas manipular e governar em causa própria .
 Mas, apesar de toda essa campanha negativa,  o que se pode constatar a olhos vistos  é que mesmo com idade avançada, ele se renova a cada dia,pois ele sempre soube que a maior fonte da juventude é uma palavra mágica chamada MOTIVAÇÃO.
O tônico milagroso que ele ingere ninguém pode comercializar. Cada obra concluída, cada melhoria para a vida do povo da cidade é uma pílula gigantesca de realização!
   Se existe algo que não se consegue separar é Itaperuna de Claudão.Não existe Claudão sem Itaperuna e nem Itaperuna sem Claudão, Aonde quer que se ande ou se olhe, pode-se encontrar um pouco do Claudão. No alto do Cristo Redentor, na música alegre da banda que passa, na vibração do futebol do Porto Alegre Futebol Clube,nos calçadões floridos da cidade, nos eventos populares da concha acústica, nas  pontes que unificam os bairros da cidade, nos distritos, nos carnavais,nos beijos das crianças, nos abraços comovidos das comadres,nos encontros com as pessoas na rua… lá ele está!  Vivendo a Itaperuna de cada dia !

 E é exatamente isso que Itaperuna representa para Cláudio Cerqueira Bastos:   a sua grande inspiração,   a verdadeira paixão e sua principal fonte de realização.
Como diria o Claudão: – Desistir de Itaperuna?
_ Nem morto!…
O amor é mesmo atemporal!

por Claudete Cerqueira

Ps.: Adorooooooooooooooooooooooo