Nos dois primeiros meses do ano mais de 80 mil casos de dengue foram registrados no Brasil. Preocupada os dados, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) chama a atenção dos gestores municipais e da população.
De acordo com as informações das Secretarias de Estado da Saúde, mais de 74,5 mil estão concentrados em dez Estados e no mesmo período de 2009 as ocorrências totais do País foram de 77.238.
A Confederação Nacional de Municípios explica que, por ser considerada uma doença sazonal, o período de maior alerta refere-se aos seis primeiros meses do ano, com pico entre os meses de março e abril.
Em relação aos riscos de transmissão da dengue, a entidade recomenda o empenho nas campanhas de prevenção e controle. As ações devem objetivar:
• manter a população informada e envolvida nas ações de controle;
• desenvolver ações de educação em saúde para a população;
• capacitar os profissionais de saúde para o atendimento aos suspeitos;
• definir as unidades de atendimento e o fluxo do paciente;
• registro e investigação dos casos e
• manter sob controle a infestação por Aedes aegypti.
O combate à dengue é responsabilidade de todos. Gestores municipais, estaduais e federal devem se unir nessa luta. O envolvimento e a participação da comunidade é fundamental para evitar a proliferação do mosquito e controlar a doença.
Fonte: Confederação Nacional de Municípios e Departamento de Comunicação da Prefeitura de Porciúncula